Esse blog é sobre a história da minha família, o meu objetivo é desvendar as origens dela através de um levantamento sistemático dos meus antepassados, locais onde nasceram e viveram e seus relacionamentos inter-familiares. Até agora sei que pertenço as seguintes famílias (nomes que por vezes são escritos de forma diferente): Ramos, Oliveira, Gordiano, Cedraz, Cunha, Carvalho, Araújo, Nunes, Almeida, Gonçalves, Senna, Sena, Sousa, Pinto, Silva, Carneiro, Ferreira, Santos, Lima, Correia, Mascarenhas, Pereira, Rodrigues, Calixto, Maya, Motta…


Alguns sobrenomes religiosos que foram usados por algumas das mulheres da minha família: Jesus, Espirito-Santo...


Caso alguém tenha alguma informação, fotos, documentos antigos relacionado a família é só entrar em contato comigo.


Além desse blog também montei uma árvore genealógica, mas essa só pode ser vista por pessoas que façam parte dela. Se você faz, e gostaria de ter acesso a ela, entre em contato comigo.

domingo, 10 de agosto de 2014

Brasão da Família Carneiro

 

image

O sobrenome Carneiro não foi adotado por apenas uma família, mas por varias, as primeiras “vagas” referencias do sobrenome Carneiro no território do atual Portugal datam do século X, quando supostamente uma família francesa, teria se fixado e criado o solar da família Carneiro, já outra vertente diz que o sobrenome surgiu na Espanha por volta do século XII e teria imigrado para Portugal após sua fundação. O mais provável é que o sobrenome tenha sido adotado por pessoas que estavam envolvidas na criação de carneiros, sejam pastores, produtores de lã ou ate mesmo de queijo, ou por habitantes de terras importantes na criação de carneiros, já que sua carne e derivados eram muito apreciados na Idade Media.

Fonte: http://historicobrasaodefamiliass.blogspot.com.br

Um comentário:

  1. Oi, Luana... Minha Familia é Carneiro Maya que veio para São Luís do Maranhão e se união a familia Jansen de Melo.

    ResponderExcluir